Adeus, mestre Teodoro

Ele encheu de cor e celebrou a morte e a vida de um boi, o boi mais tradicional de Brasília. Ele trouxe do Maranhão, aonde nasceu, a tradição mais tradicional do país para uma terra sem qualquer tradição – e a cidade se apropriou, bem, e agora tradicionalmente será lembrada também pelo bichano de mentira, que morre e revive a cada festejo junino.

Morreu, neste domingo (15), aos 91 anos, o seu Teodoro. O mestre da cultura popular de Brasília, que fixou em Sobradinho a brincadeira de boi e será sempre lembrado e venerado pela incansável alegria que trouxe às terras candangas. A marca não se apagará, pois o seu boi é patrimônio cultural imaterial do DF. Salve!

Boi do Seu Teodoro. Foto: Tatiana_Reis

Boi do Seu Teodoro. Foto: Tatiana_Reis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s